A longevidade da Vinícola Aurora e o problema da sucessão empresarial.

A Vinícola Aurora celebrou em fevereiro seus 85 anos de fundação. Inicialmente composta por 16 famílias de produtores em 1931, a maior cooperativa vinícola do país abriga hoje 1.100 famílias associadas, que produzem uma safra média anual de 65.000 toneladas de uvas, entre viníferas e de mesa, para a elaboração de 13 marcas, e mais de 200 itens do portfólio da vinícola.

DSC03834

Coerente com o tamanho e a longevidade que tem, a Vinícola Aurora possui produtos para todos os perfis de consumidores: do Aurora Millésime Cabernet Sauvignon a alguns do mais conhecidos e melhor distribuídos rótulos de entrada, como Clos dês Nobles, Marcus James e Saint Germain. Esta empresa não só é parte da história do vinho, como da história do Rio Grande do Sul e hoje, líder no mercado brasileiro em suco de uva integral, vinhos finos e coolers, exporta para mais de 20 países e é uma das mais premiadas do Brasil nos concursos internacionais oficiais.

DSC03835
Durante a colheita de cerca de 100 caminhões passam por dia em suas instalações em Bento Gonçalves, trazendo uvas das vinhas das tais 1.100 famílias. O contrato da Aurora com seus produtores é exclusivo e sua oferta é fixada em 8% a mais que o preço mínimo estabelecido pelo Ministério da Agricultura. É uma enorme operação. A Aurora produz cerca de 45 milhões de litros de produto por ano: 30 milhões de litros de vinho e 15 milhões de litros de suco de uva.

DSC03824

Sua iniciativa de enoturismo também é pioneira e hoje uma equipe de 25 pessoas recebe cerca de 150.000 visitantes em sua adega a cada ano, onde se pode degustar vinhos em uma sala de degustação moderna e bem estruturada. Esses números refletem a posição da Aurora no mercado doméstico. O Instituto Brasileiro do Vinho diz que a Aurora é responsável por 31% do mercado de vinhos brancos e tintos, 29% do mercado de suco de uva e 61% do mercado de coolers.

DSC03842DSC_0452

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os responsáveis pela empresa terminaram recentemente um projeto de pesquisa sobre as famílias que compõe a cooperativa. Eles descobriram que 23% das famílias têm apenas 1 filho, 44% têm 2 filhos e 11% não têm filhos. Eles também descobriram que apenas 10% dos seus membros têm menos de 45 anos, enquanto um pouco mais (11%) estão acima da idade de 76. Quando perguntados sobre quantos de seus filhos trabalham na propriedade, 59% dos membros responderam 0 e outros 34% responderam 1.

DSC03829
Quem vai encher todos estes barris?

Pode até não parecer, mas o Brasil, o 5º maior produtor de vinhos do hemisfério sul com seu consumo ainda insipiente e estagnado em 1,5 lt per capita há décadas, enfrenta um problema semelhante a países do Velho Mundo como Grécia, Itália, Espanha, Portugal e outros milenares produtores de vinho do Velho Mundo: os filhos e filhas de viticultores estão cada vez menos interessados no ramo e menos propensos a assumir os negócios da família.

DSC_0444
A família reunida pelo mesmo negócio. Cena cada vez mais rara.

Não vamos esquecer que estamos falando de um negócio diretamente ligado ao “terroir”. Nos centros elitistas que desfrutam dos vinhos cuidadosamente elaborados, dando-lhes notas, pontos e descritores técnicos, se esquece que o começo do negócio está no campo, numa vida dura de agricultor, que inclui despertar cedíssimo seja frio ou calor, percorrer quilômetros de fileiras de vinhas buscando possíveis pragas, viver longe da comodidade de grandes centros urbanos e “administrar” podas, invernos muito quentes, verões chuvosos, geadas e colheitas, fatores que influem fortemente na qualidade e na quantidade de uvas colhidas.

DSC_0446
Cuidados diários com o vinhedo.

No entanto, sucessão é um problema que qualquer empresa familiar enfrenta com o passar do tempo. Ele só se agrava na agricultura e na vitivinicultura pela migração dos jovens para os grandes centros urbanos. Por exemplo, de acordo com a Associação Catarinense dos Produtores de Vinhos Finos de Altitude (Acavits), este ano o estado vai colher 30% a menos que o ano passado. Uma vinícola específica que já chegou a colher 180 toneladas de uva, neste ano, colheu apenas 16 toneladas.

DSC_0443

Tudo isto é muito preocupante e a Aurora elaborou um plano estratégico para manter a geração mais jovem nas vinhas e no negócio. Alguns fatores estão contribuindo favoravelmente para isto:

  • 93% dos membros vivem na propriedade, abrir mão das vinhas significaria desistir da casa da família.
  • O tamanho das propriedades são significativos: 48% das propriedades são entre 6 e 15 hectares, 23% estão entre 16 e 25 hectares, e 17% são 26 hectares ou mais.
  • 40% dos membros são capazes de aumentar suas propriedades.
  • Diversidade na colheita: cerca de 1/3 dos membros cultivam outras frutas, além das uvas.
  • Quando perguntados se os seus filhos pretendem continuar trabalhando na propriedade, mais de metade dos membros disse que ou não ou que não sabem. Mas 44% disseram que sim.

DSC_0445

No entanto, o desafio da Aurora vai mais além. Sendo cooperativa a empresa tem uma e função social e compromisso com mais de 1.000 famílias que dependem de sua boa e justa atuação para sua sobrevivência, controlar a natural sede por lucros crescentes e manter a qualidade que a caracteriza. O primeiro passo está dado, a comunicação entre a cooperativa e seus membros é forte. A maioria, por exemplo, escuta o programa de rádio Aurora e está interessado em participar oportunidades educacionais específicos oferecidos pela cooperativa. E pode ser assim que vamos ver a Aurora seguir crescendo nos próximos 85 anos.

Fontes:

Succession plan for Aurora

Vinícola Aurora

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s